Coaching

Ano novo, vida nova

Quantas viradas de ano você atravessou pensando nos seus objetivos para o ano seguinte? E quantos destes objetivos almejados nestes momentos especiais você realmente conseguiu concretizar? A verdade é que sempre resta uma variedade de coisas que ficam por acontecer, pesando em nossas consciências como frustrações e fracassos pessoais.

Quantas vezes você começou um ano, ou uma fase de seu desenvolvimento, cheio de boas intenções especiais e metas ambiciosas, apenas para descobrir mais à frente que de alguma forma você não se sentiu capaz de cumprir com as promessas que fez a si mesmo?

O que pretendo abordar neste artigo são os nove maiores obstáculos que podem surgir no seu caminho. Quero mostra-los um de cada vez e explorar os fatores ocultos por trás do sucesso e do fracasso. E exemplificar as ações que você praticar para alcançar o sucesso pessoal.

O que eu também quero fazer é evidenciar os resultados de uma pesquisa realizada com pequenos e médios empresários (PME), identificando os desafios que eles enfrentam a cada virada de ano.

Embora a quantidade de obstáculos possíveis na rotina de um empresário seja praticamente infinita, pesquisas demonstram que há nove desafios que aparecem de forma mais comum:

  1. Falta de informação
  2. Falta de habilidade
  3. Crenças limitantes
  4. Bem-estar
  5. Outras pessoas
  6. Automotivação
  7. Tempo
  8. Dinheiro
  9. Medo

Por que ter um objetivo?

Se você precisa de mais razão para definir seus objetivos, um estudo realizado com estudantes de MBA de Harvard, em 1979, mostrou apenas 3% dos graduados tinham escrito metas e planos. 13% tinham objetivos, mas eles não estavam por escrito. E 84% não tinham fixado nenhum objetivo.

Dez anos depois, 13% daquela classe que tinha metas ganhava até 84% mais, em comparação com aqueles que não tinham nada definido. Para os 3% que definiram seus objetivos e os escreveram, eles estavam ganhando, em média, dez vezes mais do que os outros 97% juntos.

Muitos não sabem como definir metas. Alguns definem metas sem fundamentos. Estas metas são sonhos sem um objetivo solido. Objetivos, por outro lado, são evidentes, principalmente quando escritos de forma específica e mensurável.

É normal temer o fracasso. Mas é muitas vezes necessário experimentar o fracasso, a fim de alcançar o sucesso. Inconscientemente, você pode sabotar a si mesmo por não estabelecer nenhuma meta.

É normal temer a rejeição. As pessoas têm medo de serem criticadas quando estão em meio a um desafio. Mas a crítica pode ser um fator essencial de autocorreção.

O que é um objetivo?

Um objetivo é o que move o indivíduo para tomar alguma decisão ou correr atrás de suas aspirações. Objetivo é sinônimo de alvo, como ponto de mira de uma arma ou como o fim a atingir.

Alguns objetivos são chamados de metas. Devemos ter atenção como estabelecemos nossas metas, evitando que sejam negativas:

  • Eu não quero mais fumar.
  • Eu não quero ser ansioso.
  • Eu não quero estar acima do peso.
  • Eu não quero ser falido.

Agora vamos reconstruí-los no positivo:

  • Eu sou um não fumante.
  • Estou calmo.
  • Estou no meu peso ideal.
  • Eu posso cobrir minhas contas.

Observe as diferenças. Elas são demonstradas no positivo e assumem o pressuposto de que você conseguiu realizar seus objetivos. Essa mudança de comportamento lhe proporciona a sensação de ter conseguido, mesmo antes de você chegar lá. E isso reforça a sua motivação.

Agora é hora de determinar se seu objetivo é em direção a algo, ou está longe de algo. Temos que nos focar no positivo. Este, porém, ainda não está muito bem detalhado. Então veja como torná-lo mais específico:

O objetivo ideal deve expressar na forma positiva e ter tempo especificado. Considere que você precisa saber quando tiver alcançado sua meta, como vai se sentir e como as pessoas ao seu redor irão agir. O que você vai fazer para comemorar?

A meta deve ser vinculada ao tempo: Quando eu quero alcançar o meu objetivo? E em seguida: quando devo começar? Qual é o primeiro passo que precisa ser tomado? Para quem eu devo dizer? Que habilidades ou conhecimentos preciso para adquirir ao longo da caminhada?

Tamanho da meta – Seu objetivo parece ser muito grande? Se sim, então divida-o em pequenos objetivos.

Quão seriamente você está empenhado? Em uma escala de zero a dez, o quanto você está comprometido com seus objetivos? Se a sua resposta for menor que sete, é improvável que você consiga qualquer coisa. O que você precisa fazer para sua meta passe de oito?

Agora que você realmente definiu o seu objetivo, você está pronto para ir em frente, não?

Então o que pode fazer você parar?

Vamos apontar cada um dos possíveis obstáculos:

  • Falta de informação

A falta de informação pode ter efeitos devastadores no seu objetivo. Você pode parar de tomar decisões ou de seguir os próximos passos. Com muita pouca informação você não é capaz de colocar as coisas em uma perspectiva, ou de olhar para um futuro diferente. Identificar onde você tem lacunas em seu conhecimento, e inclusive ter isso como parte de seu objetivo, faz com que você fique mais perto do que pretende. Existem várias maneiras de obter novas informações. Pesquisa, leitura planejada, ouvir CD, DVD sobre um tópico específico ou com pessoas que têm o conhecimento para compartilhar com você.

  • A falta de habilidade

Você pode, a fim de avançar, conquistar habilidades ao longo do caminho. Isso não precisa ser um enorme desafio. Como parte de ajuste do objetivo, compreender quais são as competências que você precisa adquirir, e como você vai adquiri-los, irá fortalecer os passos de seu plano. Isso não significa necessariamente que você precisa se inscrever em um curso – apesar disso ser uma ótima ideia. Outras alternativas, como estudar on-line, fazer uma leitura planejada, conversar com um colega no local de trabalho, ou procurar o conselho de um amigo também pode ajudá-lo a obter as habilidades que você precisa.

  • Crenças limitantes

Todos nós temos um conjunto de crenças que fomos adquirindo em nossa vida, que é definido em nosso subconsciente. Às vezes, essas crenças podem retê-lo e limitar sua capacidade de atingir suas metas. Algum exemplo comum pode ser familiar para você. Indecisão ou procrastinação que devo fazer uma coisa ou outra? Isso muitas vezes resulta em você não fazer nada. A crença limitante se manifesta como “Eu não sou capaz de tomar decisões”.

Não é possível fazer progressos quando uma forma de trabalhar não é mais eficaz. Se você continua a usar uma ferramenta muitas vezes, está em uma zona de conforto, e a crença limitante aqui poderia ser “Eu não posso / não vou mudar”. Muitas vezes as pessoas afirmam que “eu não mereço ser bem-sucedido”, ou “que não deve trabalhar para mim”. Aqui nós estamos vendo a auto sabotagem e não valorizando a si mesmos e sua própria habilidade.

  • Bem-estar

Apesar de seus esforços, pode haver momentos em que você simplesmente não será capaz de prosseguir com seus objetivos. Uma doença ou lesão repentina pode colocar em uma situação de ter que parar com o objetivo traçado. Quando isso acontece, você precisa ser realista.

Bater-se não vai ajudar, nem simplesmente desistir. Tome um pouco de tempo para reavaliar o seu objetivo e considere quais são as suas reais opções no momento. E lembre-se como é importante que este objetivo seja alcançado dentro do prazo inicial. Considere também que outra forma você pode ser prosseguir com o seu objetivo, e em que forma pode ajudá-lo durante estes tempos.

  • Outras Pessoas

Muitas vezes as pessoas que estão mais próximas de nós são as que atrapalham os nossos objetivos. Para eles, isso significa que você pode mudar – e que também significa mudança para eles. Eles podem não estar cientes do quão importantes são seus objetivos para você. São pessoas que não querem sair da zona de conforto.

Se as pessoas com as quais você compartilha seu tempo (família, amigos e colega, por exemplo) possam não entender e apoiar seus objetivos, há uma chance de que você pode ser influenciado por isso. Se essas pessoas são adversas a sua mudança, então eles podem muito bem sabotar seus planos.

  • Própria Motivação

Embora você possa olhar com as melhores intenções, depois de um tempo a novidade pode se desgastar ou começar a focar em outras coisas. Isto pode ser devido a um certo número de fatores. Talvez os objetivos que você definiu eram grandes demais, e precisava ser repartido em partes menores.

Talvez você não está obtendo os resultados esperados e precisa considerar o que você está fazendo, que está estão impedindo você de avançar. Depois do esforço contínuo você pode sentir que a meta agora é realmente algo que não quer, ou pelo menos o resultado.

Neste caso, o objetivo deve ser reavaliado. Se ele requer modificação porque as circunstâncias mudaram, então refaça. Se ele já não lhe serve, então não desperdice sua energia em algo que pelo fato de ter começado.

  • Tempo

Nós todos vivemos em um mundo onde parece não termos tempo suficiente. Muitos de nós não sabemos aproveitar as 24 horas do dia. Muitas vezes eu ouço das pessoas ao meu redor “Eu simplesmente não tenho tempo para fazer x”. Como verdadeira é realmente esta declaração?

Se não temos uma estrutura de organização do tempo, consequentemente iremos nos perder durante esta caminhada.

Há também o aspecto de distrações. Usamos o nosso tempo com coisas que não geram valor nenhum, o mundo on-line é um grande vilão para que o nosso tempo se esgote.

  • Dinheiro

O dinheiro é uma razão comum para não seguir o seu objetivo. Normalmente, é a falta de dinheiro que faz você parar. Quando você ouvir alguém dizer “Eu não posso permitir isso” ou “Eu simplesmente não tenho dinheiro”. Estas declarações são geralmente pronunciadas sem muita hesitação.

Embora concorde que ele pode muito bem ser verdade, em certa medida, quais as alternativas que ele realmente é essencial e de que outra forma poderia conseguir dinheiro? Se você for realmente sério sobre a realização deste objetivo, como irá consegui-lo, mas lembre-se de uma forma honesta.

Vamos olhar de outra perspectiva. O que é que vai lhe custar se não tiver esse objetivo em sua vida agora? Por exemplo estar nesse relacionamento ruim ou duradoura má saúde. Se este objetivo iria levá-lo a um cargo melhor, ou significa que você teria um aumento de desempenho de 10% no trabalho?

  • Medo

O que quero dizer com medo? Existem exemplos mais simples. Se você precisa fazer algo que leva você para fora de sua zona de conforto, pela primeira vez, isso pode dar medo em você.

Depois, há o medo do fracasso. O que aqueles ao seu redor vão achar se você não conseguir atingir seu objetivo. Como você vai enfrentá-los e manter sua integridade. Melhor parar agora do que os ver? Dessa forma, ninguém vai ser capaz de me julgar.

Um outro tipo de medo é o medo do sucesso. E se eu realmente atingi-lo, se as pessoas descobrirem que eu sou não tenho capacidade? É este objetivo algo que eu realmente quero de qualquer maneira? Autodúvida entra em jogo, então pare e faça uma alta avaliação e reforce a segurança, duvide quando vier o medo, siga em frente e acredite que você é capaz. Pois você não está fazendo uma meta por acaso.

Que evidência suporta isso em um contexto de negócios?

Em uma recente pesquisa realizada com pequenas e médias empresas (PME) e empresários autônomos, foram convidados para falar o que eles viram como os maiores desafios seguir em frente com uma meta. Todos os entrevistados relataram que eles eram parcialmente bem-sucedidos na execução de seus objetivos e metas. 33% desses objetivos foram significativos, e as razões para não os atingir estavam reduzidos a problemas de saúde, não pedir ajuda, e a falta de confiança na economia, entre outros.

Muitos desses objetivos estavam sendo realizadas em um ano, algumas pessoas levariam adiante todos os seus objetivos. Quando perguntado o que eles iriam fazer para alcançar esses objetivos, 66% relataram que eles iriam tentar algo diferente, e 33% iria procurar ajuda.

Então, o que está impedindo essas pessoas de negócios de ir em frente? Bem a pesquisa mostrou os principais fatores que foram a falta de competências, falta de conhecimento, saúde, o medo (de sucesso / insucesso) e crenças limitantes.

Aqueles que responderam que iria procurar assistência; foi dividido igualmente entre os outros em seu ofício ou profissão, buscaram ajuda de um superior, ou entraram em contato com um coach. A partir dessas três opções, certamente olhar para o que seus concorrentes estão fazendo pode dar-lhe algumas alternativas. Afinal, se alguém em nosso setor está sendo bem-sucedido. Da mesma forma podemos atingir os nossos objetivos.

Este é o lugar onde um coach pode revelar-se valioso. Ele irá ajudá-lo a definir e desenvolver suas metas, identificar o que é que você deve parar e desenvolver as estratégias para ajudá-lo a lidar com esses obstáculos.

Um Coach também irá desafiá-lo para verificar se você está trabalhando em seus objetivos que movem na direção que você quer, e mantê-lo responsável para esses objetivos.

Uma das objeções comuns para a utilização de um coache é o custo, você dirá: “Eu não posso dar a esse luxo” ou é “muito caro”. É útil olhar de uma outra perspectiva. O que é que lhe custa não usar um Coach? Se você pode agregar valor para alcançar cada meta, em seguida, o serviço de um Coach eficaz pode ser rapidamente diluído.

Vamos voltar aos entrevistados por um momento. Dois dos desafios identificados foram a falta de habilidades, e falta de conhecimento. Suponhamos por um momento, se um Coach pode ajudá-lo a identificar o que são essas lacunas, e como fechá-las e, em seguida, como aplicá-los em seu negócio por que isso vale a pena? Você pode pensar que você pode fazer sozinho, mas considere por um momento como você irá identificar claramente essas lacunas em habilidades ou conhecimentos? Quanto tempo você levaria? Em que direção você iria? Por exemplo

Resumo

Neste final expliquei o que um Coach e por que é importante tê-los. Eu identifiquei 9 obstáculos que podem potencialmente impedi-lo de alcançar essas metas. Esses são:

  1. Falta de informação
  2. A falta de habilidade
  3. Crenças limitantes
  4. Bem-estar
  5. Outras pessoas
  6. Própria motivação
  7. Tempo
  8. Dinheiro
  9. Medo

Você tem evidenciado como estes obstáculos se manifestam, em um contexto de negócios para empresários de PME, e olhou para o que as estratégias podem ser aplicadas. E, finalmente, eu tenho mostrado como um Coach pode apoiar a realização dessas metas.

Quer se tornar um profissional de sucesso?

Entre em contato: contato@joaoricardocoach.com.br ou se preferir, deixe seu comentário abaixo.

 Já baixou meu e-book? Como Se Tornar Um Líder de Sucesso!

Mude para melhor! Quero lhe ajudar! Siga-me nas redes sociais:

 joaoricardocoach |  joaoricardocoach
Um forte abraço e sempre em frente!

João Ricardo Zimmermann

Coach & Consultor para Líderes e Organizações
Pessoas Melhores, Negócios Prósperos!
www.joaoricardocoach.com.br

João Ricardo Leader Coach
João Ricardo é Leader Coach, formado pelo IBC (Instituto Brasileiro de Coaching), Executive Coach pela SBCoaching, Consultor DISC e Diretor Industrial, com mais de 20 anos de experiência em liderança de equipes, gestão de conflitos, planejamento estratégico e lean manufacturing. Atualmente lidera mais de 300 pessoas e sua missão é potencializar pessoas e preparar organizações para o exercício de uma liderança diferenciada.
Você também pode ler
sucessão
Sucessão nas empresas familiares
Planejamento para desenvolvimento pessoal

Deixe Seu Comentário

Seu Comentário*

Seu Nome*
Seu Site